sábado, 26 de setembro de 2015

A NAÇÃO

A matéria do GloboEsporte.com publicada em 25 de setembro de 2015, com o Mapa de Curtidas na rede social Facebook, com a distribuição geográfica das "curtidas" recebidas pelos clubes de futebol brasileiros. Foi o mais perfeito retrato já tirado das dimensões verdadeiramente nacionais da paixão pelo Flamengo, uma foto da Nação Rubro-Negra.

Antes, porém, cabem as ressalvas feitas pelo Blog Teoria dos Jogos:

"Apesar de toda admiração nutrida pela ferramenta, se faz necessário esclarecer por que o “Mapa das Curtidas do Facebook” não é e nem deve ser encarado como uma pesquisa. Freando a euforia de milhares de partidários do “eu já sabia”, os que acham que a questão das torcidas se encerrou por completo neste 25 de setembro de 2015. O “Mapa” não é uma pesquisa por não possuir cientificidade – o que inicia e encerra a questão. Além de não haver números nacionais ou estaduais, inexistem estratificações (gênero, idade, renda ou escolaridade) e a própria amostra, ainda que robusta, é enviesada. Tratam-se das 50 milhões de curtidas que receberam as páginas de Facebook de 43 agremiações. Embora represente 25% da população do país, o grosso das curtidas se concentra entre populações jovens e incluídas digitalmente. As consequências são claras: benefício aos clubes que mais crescem entre jovens (Corinthians, Flamengo e São Paulo), aos das regiões mais ricas (Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos) e das regiões metropolitanas. Na própria rede social, o líder em curtidas é o Corinthians e não o Flamengo – um descompasso quanto ao verificado nas ruas".


Eis a integra da matéria do GloboEsporte abaixo:

Qual o time mais curtido no Oiapoque? E no Chuí? E em Brasília? Essas respostas você começa a ter agora - ao navegar no Mapa das Curtidas dos Times do Brasil - projeto desenhado em parceria pelo Globoesporte.com e pelo Facebook. O mapa não é uma pesquisa de torcida - e sim um retrato de curtidas de cada equipe na rede social. O levantamento se inspirou em dois projetos que o Facebook fez com o jornal americano New York Times, medindo curtidas de times da NFL e da NBA nos Estados Unidos. Pela primeira vez, o time de dados de Mark Zuckerberg fez uma amostra desse tipo na América Latina. As informações foram capturadas em 1/5/2015 e levam em consideração as curtidas das páginas oficiais de 43 times brasileiros.

- É a primeira vez que a gente faz esse tipo de raio-x sobre as relações entre os brasileiros e seus times preferidos de futebol. Um produto novo desenvolvido com exclusividade, pela primeira vez na América Latina. A gente conseguiu mostrar a localização geográfica dos torcedores em todo o território nacional. Isso pode ajudar os clubes a entender onde que os seus fãs estão e a descobrir coisas que até agora não tinham conhecimento. Orientar as suas estratégias de comunicação e de engajamento com esses torcedores - diz Esteban Israeal, diretor de comunicação do Facebook América Latina.

Os dados não podem ser considerados como pesquisa porque não têm base científica: não têm estratificação por idade, classe, gênero ou outros itens que poderiam configurar a representação de uma população. Além disso no Facebook, um mesmo torcedor, por exemplo, pode curtir mais de um time (a frequência, porém, é pequena). Até por isso, os dados do mapa são amplos. O Brasil tem 96 milhões de pessoas no Facebook, quase metade da população do país. Desses, mais de 50 milhões curtem páginas oficiais de clubes. 

Para desenhar o mapa principal, o GloboEsporte.com consultou estatísticos, matemáticos e fez uma comparação entre curtidas e a população de cada município. Mas, além dele, há também o "mapa de calor" das curtidas de cada time - de acordo com seus percentuais por município. Neste mapa, a cor fica mais ou menos intensa de acordo com o número de curtidas. 

Segundo os dados do Facebook, o Flamengo é o time que lidera as curtidas no maior número de cidades"): 2.639. O Corinthians vem em segundo, com 1.489, seguido de Grêmio (641) e Cruzeiro (581). O Bahia fecha o top 5 com 81 cidades. Outros times aparecem liderando em algumas cidade. São Paulo lidera em três cidades (uma no Ceará, uma em Alagoas e outra em São Paulo). O Internacional lidera em 16 cidades - todas no Rio Grande do Sul. Outros são líderes em suas regiões de origem - como Santos. Ceará, Sport, Atlético-PR, Criciúma, Chapecoense, Figueirense e Joinville. 

Os mapas de cada time mostram como os chamados 12 grandes conseguiram espalhar fãs pelo Brasil - eles estão presentes em 99,5% dos municípios. O Flamengo se destaca no Norte - onde lidera as curtidas em quase todas as cidades (perde para o Corinthians em 14 cidades no Pará e cinco em Rondônia). Ganha até em Belém, onde fica um pouco na frente de Remo e Paysandu. No Nordeste, o Rubro-Negro também lidera em curtidas, mas perde em centenas de cidades para forças como Sport, Ceará e Bahia. E o Corinthians também aparece com força na Zona da Mata Pernambucana.

O São Paulo consegue bons índices de curtidas em cidades das cinco regiões do Brasil, sendo segundo colocado em boa parte de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e no Sul de Minas Gerais. O Tricolor tem o maior número de curtidas em  três municípios. Mas está em segundo em 1.162 e em terceiro em 1.937. Ou seja, está entre os três mais "apreciados" em 3.102 cidades.  Por esse critério, fica atrás apenas de Corinthians (top 3 em 4.015 municípios) e Flamengo (top 3 em 3.456). O clube do Morumbi atinge percentuais bem altos nos estados de São Paulo e Paraná, e nas regiões Centro-Oeste e Nordeste.

Palmeiras e Vasco também são muito fortes no Mapa das Curtidas. O Vasco tem percentuais muito altos no Rio de Janeiro, Espírito Santo e na Região Norte - especialmente no Amazonas. Das 50 cidades que mais curtem o time, 44 ficam no Amazonas ou no Espírito Santo - apenas seis são no Rio. O Palmeiras é muito forte em São Paulo, norte do Paraná e Centro-Oeste. E aparece como um dos quatro times mais curtidos em 1.079 cidades.

O azul lidera nos dois estados com as maiores rivalidades regionais do país. Em Minas, o Cruzeiro lidera na maior parte das cidades do estado (há cidades em que Corinthians e Flamengo lideram) - sempre seguido muito de perto pelo Atlético-MG. Como os dados são exclusivamente de fanpages oficiais, uma atuação mais forte no Facebook pode fazer  diferença nessa hora, além da possível maior penetração no público jovem, que é maioria na rede social.

No Rio Grande do Sul, o Grêmio tem mais curtidas em mais de 90% dos municípios. O Inter lidera em 16 -  sendo que um deles é a capital, Porto Alegre.  Os dois gaúchos têm força também em Santa Catarina, Paraná e no Mato Grosso, estado que teve grande migração gaúcha. 

O Santos lidera em três cidades da Baixada Santista e tem bons índices em São Paulo e no Norte do Paraná.  O Botafogo é forte no Rio e aparece como segundo mais curtido em diversas cidades do Sul de Minas Gerais. Das 50 cidades que mais curtem o time - 42 são mineiras. O Fluminense, por sua vez, é o mais "fluminense" dos times. Das 50 cidades que mais curtem o clube só duas ficam fora do Rio de Janeiro.

O mapa traz várias outras curiosidades - como o perfil de curtidas de rivalidades locais (Remo x Paysandu, América-RN x ABC, Vitória x Bahia), o mapa de cada time, a lista das 50 cidades que mais curtem cada equipe e o ranking de curtidas em cada município. Por uma limitação no escopo da pesquisa, ficaram fora da análise do mapa clubes tradicionais em algumas cidades - como Pelotas e Brasil de Pelotas (em Pelotas), Juventude e Caxias (de Caxias), Botafogo e Comercial (de Ribeirão Preto) e diversos outros clubes do interior.

Retrato fidedigno de quem tem dimensões nacionais e quem tem dimensões regionais no G-12 do futebol brasileiro:


Nenhum comentário:

Postar um comentário