quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Casas do Flamengo: Ninho do Urubu

O Centro de Treinamento de Vargem Grande, ou simplesmente Ninho do Urubu é o CT do Flamengo. O terreno tem 144 mil metros quadrados, e foi comprado pelo Flamengo em 1984.

O projeto do CT

As obras para a construção de campos de futebol, no entanto, iniciaram-se apenas em 2008 a partir de uma arrecadação voluntária organizada por um grupo de torcedores em redes sociais. Com instalações provisórias, o time de futebol começou a treinar lá a partir deste ano. No início, em 2008 e 2009, ainda era muito comum aparecerem cobras e sapos no terreno.


A obra para finalização do CT George Helal foi iniciada em 2011. Em 2012 havia dois campos de treinamento concluídos e instalações provisórias para refeição e dormitório. Mas a falta de verbas levou à paralisação da obra em agosto de 2012.


Em 2013 se conseguiu o projeto subsidiado com recursos da Lei do Incentivo Fiscal do ICMS no valor de R$ 12,5 milhões para a conclusão das obras do Centro de Treinamento George Helal, que estavam paralisadas desde 2012, em função de débitos com empreiteiras e fornecedores.

Em 2014, foram captados R$ 4 milhões através deste projeto, sendo então retomadas as obras. As prioridades iniciais eram a canalização da infraestrutura de água, esgoto, energia e pavimentação, com a seguinte priorização: instalação da cobertura do Bloco 16 (alojamento do futebol profissional); finalização da estrutura e cobertura do Bloco 17 (área de performance do futebol profissional); implementação de infraestrutura para atender aos dois blocos e instalação de duas subestações de energia.

As obras só foram retomadas em 28 de julho de 2014, e agora com previsão para conclusão definitiva de todo o complexo do Centro de Treinamentos em junho de 2015. Porém, em dezembro de 2014 a obra foi novamente paralisada. Neste momento, já estavam concluídas a cobertura do Bloco 16, grande parte da infraestrutura para atender aos dois blocos e realizada a compra de equipamentos para as subestações.

Em fevereiro de 2015 foi obtido aporte de mais R$ 2 milhões no projeto, sendo retomada novamente a obra. Nesta fase, as seguintes prioridades foram definidas: canalização do riacho que passa junto ao Bloco 16, permitindo o início da terraplanagem para receber a pavimentação com asfalto de alta capacidade de drenagem; construção de cisterna junto ao Bloco 16 para melhorar o armazenamento de água; finalização da estrutura do Bloco 17 para terminar a cobertura; e o término da subestação principal para melhorar a qualidade do fornecimento de energia elétrica. Resultado esperado: proteção completa das obras estruturais nos blocos 16 e 17; finalização da primeira parte da pavimentação das vias de ligação entre os campos 1 e 5 e melhoria da infraestrutura de armazenamento de água e fornecimento de energia.

O Módulo Profissional foi então concluído, tendo sido oficialmente inaugurado em 13 de dezembro de 2016. No total, a construção deste módulo custou R$ 15 milhões. A nova estrutura incluía dois novos prédios, dois novos campos de futebol, campo de treinamento para goleiros e campo de futebol society. No primeiro prédio, havia o primeiro pavimento, com recepção, salão de jogos, auditório, sala de reunião, biblioteca, refeitório e uma cozinha industrial; e no segundo pavimento tendo todo o serviço de hotelaria, com 24 suítes equipadas com duas camas de solteiro, armário, banheiro, televisão, internet e escrivaninha, para o descanso e a concentração dos atletas. No segundo prédio, estavam a sala de imprensa, a gerência do CT, uma sala exclusiva para a comissão técnica, uma sala de reunião, vestiários, sala de musculação, departamento médico, sala de fisiologia e sala de nutrição, além do "parque aquático", com piscina de raia, piscina tradicional, tanques de água quente e fria, e jacuzzis.











O módulo concluído em 2016 passou a ser o Módulo das Divisões de Base, e em 2019 foi entregue um novo módulo, orçado em mais R$ 16 milhões, que tinha previsão inicial de conclusão até o fim de 2017, mas só foi efetivamente concluído em janeiro de 2019, passando a ser o Módulo Profissional.








Nenhum comentário:

Postar um comentário