sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Flamengo Tri-campeão da Copa do Brasil - 1990 / 2006 / 2013


Animação do Jornal Gazeta Esportiva, de São Paulo


Em sua primeira final de Copa do Brasil, contra o Goiás do atacante goleador Túlio, o Flamengo conquistou seu primeiro título, em 1990. 

FLAMENGO 1 x 0 GOIÁS
01/11/1990 - Estádio Municipal, Juiz de Fora
Gol: Fernando (16'2T)
FLAMENGO: Zé Carlos, Aílton, Vítor Hugo, Fernando e Piá (Rogério Lourenço); Marquinhos (Zanata), Júnior, Djalminha e Zinho; Renato Gaúcho e Gaúcho. Téc: Jair Pereira.
GOIÁS: Eduardo Heuser, Wílson Goiano (Cacau), Richard, Jorge Batata e Dalton; Wallace, Fagundes, Luvanor e Lira; Niltinho e Túlio Maravilha. Téc: Sebastião Lapola.

GOIÁS 0 x 0 FLAMENGO
07/11/1990 - Estádio Serra Dourada, Goiânia
FLAMENGO: Zé Carlos, Aílton, Vítor Hugo, Rogério Lourenço e Piá; Uidemar, Júnior, Bobô (Nélio) e Zinho; Renato Gaúcho e Gaúcho. Téc: Jair Pereira.
GOIÁS: Eduardo Heuser, Wílson Goiano (Rubens Carlos), Richard, Jorge Batata e Dalton; Wallace, Fagundes, Luvanor e Josué; Niltinho e Túlio Maravilha. Téc: Sebastião Lapola.


O segundo título foi conquistado em 2006 e foi extremamente simbólico, pois marcou o início do reerguimento do Flamengo, que passou por crise gravíssima entre 2002 e 2006. Na final, o adversário foi o grande rival, o Vasco, na primeira vez que duas equipes do mesmo estado decidiram o torneio. 

FLAMENGO 2 x 0 VASCO
19/07/2006 - Maracanã, Rio de Janeiro
Gols: Obina (14'2T) e Luizão (17'2T)
FLAMENGO: Diego, Renato Silva (Obina), Ronaldo Angelim e Fernando; Leonardo Moura e Juan; Jônatas, Toró e Renato Abreu; Renato Augusto (Rodrigo Arroz) e Luizão. Téc: Ney Franco
VASCO: Cássio, Wágner Diniz, Fábio Braz, Jorge Luiz e Diego; Ives, Andrade, Morais e Ramon (Abedi); Valdiram (Ernani) e Edílson. Téc: Renato Gaúcho.

FLAMENGO 1 x 0 VASCO
26/07/2006 - Maracanã, Rio de Janeiro
Gol: Juan (27'1T)
FLAMENGO: Diego, Renato Silva, Rodrigo Arroz e Fernando; Leonardo Moura e juan; Jônatas, Toró (Obina) e Renato Abreu; Renato Augusto (Horacio Peralta) e Luizão. Téc: Ney Franco.
VASCO: Cássio, Wagner Diniz, Fábio Braz, Jorge Luiz e Diego; Ygor, Andrade (Abedi), Ramon (Valdiram) e Morais (Ernane); Edílson e Valdir Papel. Téc: Renato Gaúcho.



Em 2013, o terceiro título, mais vez de grande simbolismo, num ano marcado por baixo investimento e reestruturação das finanças do Flamengo. O adversário na final foi o Atlético Paranaense.

ATLÉTICO-PR 1 x 1 FLAMENGO
20/11/2013 - Estádio Durival de Brito, Curitiba
Gols: Marcelo (17'1T) e Amaral (30'1T)
FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Chicão (Samir), Wallace e André Santos (João Paulo); Amaral, Luiz Antônio, Elias e Carlos Eduardo (Diego Silva); Paulinho e Hernane. Téc: Jayme de Almeida.
ATLÉTICO-PR: Weverton, Juninho, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Dellatorre); Deivid, Zezinho, Paulo Baier (Maranhão) e Éverton; Marcelo e Éderson (Ciro). Téc: Vágner Mancini.

FLAMENGO 2 x 0 ATLÉTICO-PR
27/11/2013 - Maracanã, Rio de Janeiro
Gols: Elias (42'2T) e Hernane (49'2T)
FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura (Marcos González), Samir, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antônio, Elias (João Paulo) e Carlos Eduardo (Diego Silva); Paulinho e Hernane. Téc: Jayme de Almeida.
ATLÉTICO-PR: Weverton, Juninho (Cléberson), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Deivid, Zezinho, Paulo Baier e Felipe (Delatorre); Marcelo e Éderson (Ciro). Téc: Vágner Mancini.


Nenhum comentário:

Postar um comentário